Portuguese flagItalian flagEnglish flagGerman flagSpanish flag                                           

O cantinho do castigo da Supernanny e outras dicas para controlar as birras das crianças

Bom dia Mamães e Papais!

A despeito de tudo que dizem sobre as crianças desta idade não entenderem bem ou não serem capazes de manterem-se quietas num lugar destinado ao “castigo” resolvi à minha moda implementar o tal cantinho do “castigo” a La Supernanny. Já assistiram este programa?

Bom, depois de 2 semanas na casa dos avós com todos os mimos, imaginem o nível de birras que eu estava aguentando! Então, achei melhor começar a cortar o mal pela raiz.

Já tem uns 2 meses que meu filho começou com essas reações de tapas e mordidas principalmente, e eu sempre dizendo, “Não, isso é feio!”. Até que nestas mini férias que eu e ele tiramos na casa dos avós ele resolveu experimentar seus maus modos também em relação aos próprios avós.

Na 1ª, 2ª vez disse o velho bordão “Não, é feio!” e na 3ª resolvi pegar um tapetinho, colocar na sala de estar e levá-lo para lá dizendo ser o lugar do castigo, onde ele deveria ficar até resolver pedir desculpas para a avó (1ª a receber suas investidas). Pasmem! Ele sentou, repetiu “Nenê, catigo” e depois de 2 segundos levantou em direção e disse a minha mãe “Diculpa” e a abraçou.

Fiquei tão entusiasmada com o resultado que repeti mais inúmeras vezes (já viram que ele estava aprontando todas, né?) durante estes 15 dias. Quando retornamos para casa ele quis novamente testar seus limites e deu um tapa no próprio pai. Mas, olha como as crianças são espertas, antes de ir adiante me olhou e disse “Catigo?” e eu confirmei dizendo que ele não batesse no papai se não iria para o castigo. Acreditam em uma coisa dessa?

Portanto, este post é para dizer: o cantinho do castigo funciona! E para incentivar a mãe que não sabe bem o que fazer, mas que como eu acha melhor mostrar sua insatisfação diante de um mau comportamento do filho desde o início antes que a coisa se agrave. Pois, no final sabemos que só o amor não é suficiente para uma boa educação, é necessário termos como mãe e pai a obstinação sincera de educá-los para a vida e para isso precisamos ensinar claramente os limites.

Boa semana e viva a Supernanny!

Rach

Pessoal,

Sem o intuito de meter o bedelho no post da Rach, mas já fazendo isso, li uma matéria do Diário de São Paulo, desta segunda-feira, 25 de junho, que acho que super cabe aqui.

“Especialistas garantem que agir com violência – seja ela física ou verbal – não ajuda a controlar os baixinhos e pode induzí-los ao desrespeito. Colocam as seguintes dicas para lidar com as birras:

 

Assuma o controle:

1 – Acima de tudo, mantenha a calma: A criança não pode perceber que você perdeu as rédeas da situação. Além disso, a irritação deixa os adultos sujeitos a adotar alguns comportamentos infantis.

2 – Fique atento ao que a criança quer dizer: Antes de tomar alguma providência, procure avaliar o motivo da birra. Ela pode ser sinal de cansaço, estresse ou fome.

3 – Não seja refém dos seus filhos: Se a criança faz birra no mercado por causa de 3 iogurtes e os pais não querem dar nenhum, eles não devem negociar, alerta Marcelo Reibscheid. A barganha deve acontecer somente se os pais estiverem de acordo.

4 – Nunca ceda às birras infantis: É preciso ter pulso firme para manter decisões que já foram tomadas. Mesmo após o baixinho se acalmar, não dê a ele o objeto que ocasionou o escândalo.

5 – Coloque seu filho de castigo: Em vez de dar palmadas nele, coloque-o em um espaço longe de brinquedos e distrações. Segundo Marcelo, a duração do castigo deve ser de um minuto por ano de vida da criança (!).

6 – Caso a birra persista, procure um médico: Se todas as medidas anteriores foram aplicadas e a criança não apresentou progressos em um período de 6 meses, está na hora de procurar um pediatra.”

Boa Semana sem birras!

Dani

Mais dicas sobre “Como Lidar” crianças e bebês? Crianças de 1 ano e pouco fazem malcriação?, 8 Dicas para desenvolver o Comportamento Positivo na criança de 1 ano, Criança com dificuldade de Aprendizado: Você sabe como reconhecer?, Educação Infantil –  Como falar com seu filho sobre o peso? , Educação Infantil – Criando crianças de bom coração, Elogie do jeito certo, Meu Filho está pronto para tirar a fralda?

Livros podem ajudar: Dica de Livros Infantis: “Aprenda Bons Modos” , Livro: Limites sem Traumas – Construindo Cidadãos

Fonte de imagem: http://obairrista.com/esportes/2012/05/inter-contrata-supernanny-para-disciplinar-jogadores-baladeiros/ , http://www.parentscafe.co.uk/how-to-cope-with-aggressive-behaviour-in-your-child/ , http://www.gracenglamour.com/dealing-with-angry-child/, http://childbehaviorsolution.blogspot.com.br/2011/12/how-to-handle-aggressive-child.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 Comentários

  1. Eny (Docinho) says:

    Eu adoro o Super Nanny! Mas sempre que vejo, fortaleço cada vez mais a opção de não ter filhos… NUNCA! haha
    Por isso admiro pessoas que resolvem pôr filhos nesse mundo (de cão) de forma RESPONSÁVEL. Porque não é fácil, né, minha gente?
    Deveria ter uma triagem e curso obrigatório para quem quer ter filhos, a propósito! Muita gente por aí tendo filho às dúzias e largando para a “vida ensinar”. Tenha dó! Sem dizer no povo, que nem aquela juíza que adotou uma criancinha negra, que tem filho para maltratar, abusar sexualmente etc. Muito medo da nossa “Humanidade”.

    • Opinião SA says:

      Oi Eny,

      Eu assistia Supernanny grávida e dizia: O que eu fiz Meu Deus???????????? rs Achava que estaba louca.
      Deve ser a sensação de TODOS os que assistem, imagino. Aquelas crianças são infernais e achamos que a nossa nunca seria assim porque faríamos isso ou aquilo.
      O fato é que, não sabemos o vamos fazer. Ás vezes, nós pais, estamos tateando no escuro mesmo. Temos que admitir.

      Uma das razões da criação deste blog foi esta, compartilhar experiências e tudo o que lemos de legal. O que funciona, o que não funciona. Afinal, estamos criando seres humanos, a coisa mais difícil de fazer neste mundo!

      E, com certeza, existem maus pais por aí. Mas, separo em 2 grupos: existem maus pais bem intencionados (que apenas não sabiam como fazer…e fizeram tudo errado), estes que acham que a vida cria. E pais mal intencionados, perversos, doentes.

      Pena para as crianças, porque quando são crianças, os amam do mesmo jeito. Depois, nem sempre.
      Bjs,
      Dani

  2. Eny (Docinho) says:

    Olha, Dani. Minha irmã trabalha na SPM (Secretaria de Políticas para Mulheres) e ela comenta os casos de pedofilia são regra :( (
    Uma ex psicóloga também falava a mesma coisa, como se fosse algo banal e corriqueiro na nossa sociedade, quase “normal”. Eu fiquei pê da vida quando ela disse isso na maior tranquilidade.
    A realidade é chocante.

    Mas melhorando o astral: viu que a Supernanny voltará? \o
    A chamada do programa é ótima (os brinquedos educativos lá), haha

    • Opinião SA says:

      Oi Eny,

      Imagino que na SPM isso é mais comum, até porque a amostra talvez seja distorcida. O que acaba “caindo” por lá é sempre caso ruim.
      Bom…eu quero acreditar que seja assim. :-/
      Mas, também sei que há muitas coisas que nem imagino. (Não sei se quero saber, quanto mais sei, mais sofro!)

      Tomara que volte logo a Supernanny :-)
      E os brinquedos educativos também. Minha filha adora!
      Bjs
      Dani

  3. Raquel says:

    Adorei Dani
    Vou mandar meu marido lê, pq ele tem mania de achar que tudo é batendo
    E o pior o Dom é mal educado por causa dele…
    Quando Dom começou a morder e bater eu tirei essa mania dele, mas Bruno brinca de tapinha e mordida com ele, ai td meu trab cai por terra…Agora bruno tah com a maania de me morder por garoto fazer igual pode isso? Vou dar uns cacetes é nele cada vez que Dom me morder. rs
    Mas vou te alar pela minha experiência com crianças devido as minhas irmãs e agora o Dom posso te dizer q a criança entende sim. Dom sabe mto bem quando vai fazer algo errado.Ele é tão atrecido que olha pra ver se estamos vendo o que ele está fazendo. E sabe exatamente com quem fazer, ele sabe que minha mãe permite td, quase td, ela só num deixa o que o coloca em risco.

    • Opinião SA says:

      Oi Ra,

      A Clarissa é igualzinha! Ela sabe quando está fazendo coisa errada. De vez em quando, faz a coisa errada exatamente para chamar a nossa atenção. E, detalhe, fica observando para saber como reagimos.
      Ela sobe no sofá e fica em pé, pulando. Coisa que eu não gosto que ela faça. Acredita que ela faz de propósito e quando chamo atenção dela (pela bilionésima vez) ela ri.

      O problema é que muitas vezes os avós acham graça ou passam a mão na cabeça dela quando eu estou brigando. Acham que estou “judiando” da menina. Isso que eu só dou bronca e coloco de castigo sentada na almofada! Fica difícil assim né?

      Agora pode dizer para o Bruno parar de dar mau exemplo. Esse negócio de ficar mostrando para o Dom como morder, depois vai se voltar contra ele. Desaconselhável.

      Vamos tentar o cantinho do castigo e ver se dá certo? Depois a gente troca experiências. Ah! Se o Bruno ficar chateado, coloque ele no cantinho da Supernanny também. rs
      Eu vou colocar todos os avós e bisavós por aqui.

      Acho que vai ter mais gente no castigo do que fora!

      Bjs
      Dani

  4. Raquel says:

    Acredito sim Dani, Dom tbm ri quando faz coisa errada. Agora quer ver qnd cai o mundo dele? Se minha mãe brigar, pq ela sempre defende, então quando ela briga é pq tah sério rs
    Já tinha tentado o cantinho do castigo, mas confesso que fico com pena.
    Pois é o pai da mal exemplo, ai já viu né. Ele acha que morder, bater, puxar cabelo é brincadeira, que tanto que quando eu falo p ele não puxa o meu não, puxa o seu, ele puxa e ri. Um dia ele veio me morder e eu coloquei o braço dele na frente, ele se mordeu e caiu na gargalhada. A sorte é que ele não é malvado, ele acha que é brincadeira, mas só faz com a gente de casa. Acredita que ele apanha da filha de uma amiga minha e não revida, fica com a maior carinha de num to acreditando que ela me bateu kkkkk
    Depois lhe conto sobre o cantinho do castigo rsrs
    Beijinhos

    • Opinião SA says:

      Ra,

      Não pode ficar com pena do cantinho do castigo! De castigo eu não tenho pena não, ainda mais quando ela está no “modo” desafiadora.

      Isso de ficar com cara de não acredito que ela me bateu, acho que deve ser normal. A Clarissa levou uma mordida na escolinha e fez o mesmo. Ela ficou em casa muito tempo Ra, não sabe que alguém pode querer machucá-la.

      E existem crianças que são mais agressivas por natureza. Ela é bagunceira, espevitada, mas não é de bater, chutar e morder, não.

      Bjs,
      Dani

  5. Com certeza os pequenos entendem , por isso a importância de educa-los desde pequenos!
    Como a Eny falou existem muitos maus pais por aí, mas com certeza existem muitos bons pais que desejam e aguardam muito a chegada de seus bebês e com certeza erram em algumas coisas , mas erram na intenção de acertar!

    • Opinião SA says:

      Van,

      Existem pais bem intencionados sim. O fato é que educar é difícil! É uma tarefa bem complicada, viu?
      Precisa muita paciência, bom senso, apoio.
      Você vai ver quando tiver os seus pimpolhos. rs

      Mas, aviso, vai adorar cada minuto :-)
      Bjs
      Dani

  6. Raquel says:

    Pois é Dani. Acho mais fácil eu revidar a mordida em alguém que morder o Dom do que ele próprio kkkk
    Graças a Deus ele num é malvado, pq criança levada a gente educa, agora malvado já é mais complicado.
    Eu tenho pena, sou meio molenga, mas quando Dominick me desafia, ai fica sério, não gosto de ser desafiada, e Dominick é genioso e atrevido como eu…Ai já viu o problema né… Como dizia minha avó, dois bicudos não se beijam rs

  7. Raquel says:

    Mas isso é para vermos o que nossos pais passaram conosco. rsrsrs
    Vou pagar todos os meus pecados. Aff

    beijinhos

    • Opinião SA says:

      Sabe que eu penso bastante nisso?
      Fico pensando na minha mãe com 3 crianças (nada quietinhas) em férias.
      Hoje eu entendo o tanto que ela ficava doida.

      Bjs
      Dani

  8. Raquel says:

    Pois é minha mãe sofre com minhas irmãs e eu sofro junto, eu e meu irmão eramos mais calmos. Agora você imagine o que eu e minha mãe estamos passando. Bruno está em casa a quase 3 meses desempregado, Dom passa o dia td em casa pq ainda num vai a escolinha, meu irmão entrou de férias e só volta a trabalhar dia 01/08, meu pai está de licença há 1 semana por causa da coluna, Minha irmã de 9 anos, rasgou o braço e está de molho em casa, vai na escola, faz a prova e volta, num fica nem 2hs fora…a de 7 é que ainda esta passando a tarde td na escola, mas as 2 já vão entrar de férias…. é muita gente pra uma casa só kkkkk
    acho que vou fugir hauhauha só vou levar o Dom rs

  9. Raquel says:

    Esta bem sim. É que meu pai tem hérnia de disco,já operou 2x e smp volta. Agora não pode mais operar pq deu fibrose, ai num tem mais como abrir.
    Então quando ele tem crise, fica mto torto, aliás ele jah esta torto sem crise, na crise fica pior ainda
    Ai quando está muitoooo atacado da coluna ele pega licença pra ficar uns dias de repouso.
    Beijinhos

    • Opinião SA says:

      Ai Ra, que droga.
      Deve ser difícil viver com uma dor crônica.
      Já pensei até em escrever sobre isto. Muita gente sofre.

      Muitos beijos para você. E para ele.
      Dani

  10. perla says:

    assisto supernanny regularmente e tenho aprendido bastante,adotei o cantinho da disciplina e funcionou mesmo,so que ultimamente ele pede desculpa e volta a fazer a mesma coisa em seguida,ele sabe que se pedir desculpas nao vai pro cantinho e o sentido da desculpa nao funciona.
    como faço pra ele entender que tem que pedir desculpas porque fez algo errado e nao simplesmente pra nao ir pro cantinho?

    • Opinião SA says:

      Oi Perla,

      Eu também adoro Supernanny. Sabe que com a minha filha aconteceu a mesma coisa…
      Depois disso adicionei uma técnica, eu coloco ela de castigo depois do segundo aviso e para sair, além de pedir desculpas peço para ela dizer a razão, ou seja, porque ela ficou de castigo. Assim ela está criando uma consciência do que faz de errado.
      Tem funcionado bem.
      E não pensa que eles não sabem o que fizeram de errado viu?
      Sabem muito bem…
      Que idade tem o seu filho?
      Bjs
      Dani

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *